intervalo

[O Fernando tem, é o mínimo que posso dizer, bicho carpinteiro, esse mesmo bicho que dá pelo nome de imaginação irrequieta. E depois a caixa de comentários é que goza.;)]

--->

Então e o outro?, respondeu. O outro não pôde vir.

O outro não pôde vir, mas não faz falta nenhuma.

Não faz falta nenhuma quando não está nos dias dele.

Quando não está nos dias dele, só diz asneiras.

Só diz asneiras e só faz merda.

Só faz merda mesmo quando não come.

Mesmo quando não come, não passa sem umas cervejolas.

Não passa sem umas cervejolas e faz ele muito bem.

Faz ele muito bem quando evita chatices.

Quando evita chatices, elas não o procuram.

Elas não o procuram porque ele é homossexual assumido.

Ele é homossexual assumido, mas não é praticante.

Não é praticante de nada porque é um grande preguiçoso.

É um grande preguiçoso, mas no sexo esforça-se até à exaustão.

No sexo esforça-se até à exaustão, mesmo que fique por baixo.

Mesmo que fique por baixo, nunca dá o braço a torcer.

Nunca dá o braço a torcer porque não é parvo.

Não é parvo mas disfarça muito bem.

Disfarça muito bem e com muita elegância.

Com muita elegância é que deve dizer-se a verdade.

Deve dizer-se a verdade e a verdade é que estou cansado.

A verdade é que estou cansado, portanto paro por aqui.

1 Comments:

Blogger fgs said...

Ainda bem que só disseste o mínimo, como convém num blog minimalista. ;)

4:41 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home